Aliança do Yoga

Este Centro possui Professores Filiados na Aliança do Yoga

Textos

Associar Acupuntura e Orientação é eficaz para Combater o Fumo

Escrito por Steven Reinberg

NOVA YORK (Reuters Health) - O uso isolado de aplicações de acupuntura ou de sessões de orientação podem ajudar as pessoas a abandonar o cigarro, mas a adoção das duas estratégias combinadas é mais eficiente ainda, sugere um artigo publicado na edição de outubro do American Journal of Public Health.

Ultimamente, as pessoas vêm usando a acupuntura para ajudar a tratar a dependência de uma série de substâncias, do tabaco à heroína. Existem inclusive evidências de que essa técnica milenar chinesa de cura auxilie os fumantes a largar o hábito, mas a qualidade dos estudos feitos anteriormente variou muito.

Para aprofundar a investigação sobre os efeitos da acupuntura, no trabalho atual, os pesquisadores avaliaram 141 fumantes que passaram por aplicações de acupuntura, de uma simulação de acupuntura e que receberam orientação para parar de fumar. O estudo foi coordenado por Ian D. Bier, do I. B. Scientific, empresa sediada em Durham, New Hampshire, que realiza pesquisas sobre medicina natural. Na simulação de acupuntura, as agulhas são inseridas em locais próximos aos pontos tradicionais de acupuntura, mas não nos próprios pontos.

Os pesquisadores separaram os participantes em grupos que receberam: acupuntura e orientação, simulação de acupuntura e orientação, ou somente instruções para parar de fumar. Os voluntários receberam 5 aplicações de acupuntura ou da simulação de acupuntura por semana durante 4 semanas e 5 semanas de orientação.

O programa educativo foi desenhado para desenvolver estratégias individuais que ajudassem as pessoas a lidar com a dependência, a interromper o consumo de cigarros e a continuar sem fumar.

Todos os grupos apresentaram reduções significativas do hábito de fumar após o tratamento. As pessoas que receberam acupuntura e orientação conseguiram os melhores resultados: 40 por cento dos integrantes desse grupo abandonaram o cigarro. O mesmo ocorreu com 22 por cento dos pacientes que receberam simulação de acupuntura e com apenas 10 por cento daqueles que receberam apenas orientação.

Segundo Bier, os resultados da associação entre acupuntura e a orientação foram comparáveis aos obtidos com o uso de medicamentos antidepressivos e terapia comportamental de apoio. Essa tendência se manteve durante os 18 meses de acompanhamento da pesquisa, mas a diferença entre os grupos não permaneceu, comentaram os pesquisadores.

A equipe de Bier constatou que a combinação de acupuntura e orientação foi especialmente eficaz para tratar os voluntários que fumavam havia mais tempo.

"Embora a lógica indique que seria mais fácil ajudar as pessoas que fumaram por menos tempo, o estudo mostrou que as pessoas mais dependentes obtiveram melhores resultados com esse tratamento", disse Bier.

Fonte: American Journal of Public Health 2002;92:1642-1647.

 

Rua Gonçalves Dias, nº. 109 Pio Correa - Criciúma/SC