Aliança do Yoga

Este Centro possui Professores Filiados na Aliança do Yoga

Textos

Dicas Diarias para Prática de Asanas

Por Cacau Peres

Muitos praticantes ficam frustrados quando constatam que não conseguem executar todos os asanas do Yoga. E, mediante essa dificuldade, se “jogam” na prática, levando o corpo a movimentos extremos, na intenção de um dia “fecharem” determinado asana. Essa atitude merece reflexão, pois qual o objetivo final do Yoga? Por que, afinal, praticamos asanas? Seria a intenção final da prática somente colocar o pé na cabeça?

Asanas são muito mais que práticas físicas. As posturas finais não devem ser o objetivo final do praticante. Mais importante é estar presente; “atenção na ação”. Pedro Kupfer diz: “O propósito é descobrir a inteligência que está escondida no corpo, a consciência que está escondida no corpo; este é o ponto de partida para poder achar a verdadeira identidade.”

Miguel Homem, professor de Yoga, diz: “A prática de asana é uma oportunidade para exercitar a consciência de Sakshi (consciência testemunha). Sakshi assume a posição daquele que contempla, observa sem se identificar, sem se deixar levar. Observa a ação, a execução dos asanas, sem deixar que o fluxo do pensamento e das emoções sejam levados inconscientemente pelo decorrer da prática. Mantém-se lúcido, onisciente e onipresente do seu corpo, da sua energia, das suas emoções e pensamentos. Atento, sem julgar e sem criticar. Atento para conhecer, para ampliar a consciência de si mesmo. E é nesse ampliar diário de consciência que se conquista o samadhi”.

Resumindo: não force seu corpo para além do que ele permite dar a você. Faça do asana um meio para chegar à meditação, esqueça o ego gritando para que execute as posturas como seu colega no tapetinho ao lado. Lembre-se que seu corpo precisa de ahimsa. Não por acaso os yamas e niyamas aparecem no Ashtanga Yoga de Patañjali mesmo antes dos asanas. Reflita. E se seu joelho não toca o chão quando tenta executar padmasana, por exemplo, respeite os limites de seu corpo. Use bloquinhos sob os joelhos e embarque na plenitude da execução do asana!

*Agradecimentos a Pedro Kupfer e Miguel Homem. www.yoga.pro.br.

Acesse o site: http://yogajournal.terra.com.br/

 

Rua Gonçalves Dias, nº. 109 Pio Correa - Criciúma/SC