Aliança do Yoga

Este Centro possui Professores Filiados na Aliança do Yoga

Textos

Agni e a Prática de Asanas - Fogo Interno

por Miguel Homem

Dentro da prática, agni, o fogo, assume um aspecto muito palpável. É o fogo na prática de ásana que desperta o seu principal efeito purificador, por isso mostra-se importante saber manipular aquecimento e arrefecimento na prática. Agni, o fogo, pode ser estimulado de forma externa ou interna.


A forma externa de incrementar pode ser estimulada pela prática em

a) ambientes muito quentes ou aquecidos de forma exagerada. O Ayurveda não recomenda a prática de ásanas nestas circunstâncias (uma vez que tendem a agravar pitta), com a excepção de ser feito com um objectivo terapêutico devidamente aconselhado e acompanhado por um especialista.

Uma outra forma envolve
b) rapidez, esforço e repetição na própria prática, sendo a regra geral que quanto mais esforço mais aquecimento. Kapha deve transpirar muito e esforçar-se o suficiente para tanto, váta deve ficar-se pelo transpirar moderado apenas para sentir a pele húmida e pitta deve fazer seguir o aquecimento suave de uma prática que o arrefeça.

A forma interna de manipular agni vincula-se sobretudo com a respiração. A respiração rápida ou profunda tende a aumentar o aquecimento produzido pelos ásanas.

Por fim, os próprios ásanas escolhidos ajudam a determinar o efeito aquecedor ou inverso sobre o praticante e o seu agni. šsanas que abram a região abdominal tendem a aquecer e estimular agni, enquanto ásanas que fechem essa região tendem a diminuir agni e o calor. Vejamos melhor por grupos de posições:

· flexões para a frente sentadas tendem a arrefecer;
· flexões para a frente em pé tornam-se mais quentes, sobretudo quando a cabeça se aproxima mais do chão;
· flexões para trás induzem aquecimento, embora menos quando feitas com o tronco no chão;
· posições em pé geralmente aquecem o corpo;
· posições sentadas e deitadas tendem a arrefecer o corpo;
· as torções são neutras e reparadoras;
· movimento tende a aquecer e permanência a arrefecer. Claro está que quanto mais permanecermos num ásana mais quente ele se torna - tapasya.

Acesse o site:
www.dharmabindu.com

 

Rua Gonçalves Dias, nº. 109 Pio Correa - Criciúma/SC